All for Joomla The Word of Web Design

Composição contendo nanopartículas de prata e óleo de copaíba com atividade antimicrobiana

Tools
Composição contendo nanopartículas de prata e óleo de copaíba com atividade antimicrobiana
Saúde Humana
Patente de invenção
Parcialmente desenvolvido (poderá ser levado ao mercado com um investimento razoável)
Pedido depositado
BR 10 2016 031050-4
22/12/2016
Necessidades humanas
UEL, UNICAMP e UFAM
Sueli Fumie Yamada Ogatta, Lucy Megumi Yamaguchi Lioni, Gerson Nakazato, Renata Katsuko Takayama Kobayashi, Celso Vataru Nakamura, Nelson Eduardo Durán Caballero, Valdir Florencio da Veiga Junior, Alexandre Tadachi Morey, Renata Perugini Biasi Garbin, Eliane Saori Otaguiri, Eliandro Reis Tavares, Ana Elisa Belotto Morguette, Larissa Ciappina de Camargo
A composição compreende a utilização de dois compostos obtidos de forma sustentável, sendo o óleo de copaíba extraído do tronco de copaíferas encontradas no bioma brasileiro e as nanopartículas de prata biogênicas (conhecidas também como “nanopartículas verdes”) produzidas por metabólitos do fungo Fusarium oxysporum. A combinação destes dois compostos apresenta vantagens como: redução da concentração dos compostos necessária para a atividade antimicrobiana; redução da toxicidade para animais e o meio ambiente; e baixo custo de produção.
Desenvolvimento de produtos inovadores e biocompatíveis de forma sustentável e baixo custo para o tratamento de infecções causadas por microrganismos.
Espécies de Copaifera L. (Leguminosae Juss), popularmente conhecidas como pau de óleo, árvore milagrosa e árvore do óleo diesel, são nativas das regiões tropicais da América Latina e da África Ocidental. Várias espécies de Copaifera são encontradas no Brasil, sendo distribuídas principalmente nos biomas Amazônia e Cerrado. O óleo de copaíba, que é extraído de forma sustentável do tronco da árvore, é amplamente utilizado na medicina tradicional devido às suas atividades anti-inflamatória, analgésica, antisséptica e cicatrizante; sendo utilizado para tratar corrimento vaginal, bronquite, pneumonia, sífilis e doenças de pele. Estudos farmacológicos realizados tanto in vitro quanto in vivo mostram que o óleo de copaíba ou seus constituintes químicos apresentam atividade antimicrobiana contra vários microrganismos.
As nanopartículas de prata (AgNP) são notáveis pela atividade antimicrobiana apresentada contra diferentes espécies de microrganismos. As AgNPs podem ser produzidas por via química ou física, entretanto são métodos caros e envolvem o uso de produtos químicos nocivos ao ambiente e ao homem. A biossíntese de nanopartícula, utilizando microrganismos ou plantas, tem atraído considerável interesse principalmente por ser uma alternativa sustentável, eco-amigável e de baixo custo. Além disso, as AgNPs podem apresentar um efeito sinérgico quando são combinadas com outros compostos ou substâncias naturais ou sintéticos, diminuindo a dose necessária de ambos para alcançar a atividade antimicrobiana.
Portanto a combinação do óleo de copaíba e AgNPs pode ser utilizada para o desenvolvimento de produtos inovadores e biocompatíveis de forma sustentável, baixo custo para o tratamento de infecções microbianas.
Pasta 118
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. - (44) 3011-3861